16 março 2011

Silêncio

Sentados os dois ali no chão daquela sala acarpetada, sentiam o momento mais inconveniente que alguém poderia passar na vida: o silêncio desconfortável.

Sabe-se que uma relação acaba quando os dois não conseguem ficar em silêncio sozinhos na mesma sala. O silêncio sempre acompanha de mãos dadas com o desconforto de estarem ali. Porque um sabe o que o outro está pensando, e sente que deveria falar algo, mas já não são mais íntimos o suficiente para dizer: chega né? Já deu pra nós dois. Estamos perdendo tempo aqui. o CD do Oswaldo Montenegro é meu e a coleção de enciclopédia Barsa fica pra você.

Acho que me desviei do assunto. Bem, quanto aos dois sentados no chão da sala acarpetada, romperam o relacionamento. Não se suportavam mais.



O que vocês esperavam depois daquela bela explicação lá em cima?

3 comentários:

Bruna disse...

Adorei o mini conto! Volte a escrever mais!

leprosocerebral disse...

Espero que tu conte quem é :P

alicenopaisdasmaservilhas disse...

ESCREVE PÊ!